Saturday, February 27, 2010

Empregada domestica?!

Image and video hosting by TinyPic
Image and video hosting by TinyPic

Ter empregada domestica, não faz parte da cultura aqui. Quase NINGUÉM tem empregada; são raríssimas. Aqui nos EUA, pessoas de todas as classes, até a maioria dos ricos, limpam a própria casa deles, e cozinham para eles mesmos. Os trabalhos domésticos geralmente são compartilhados pela família; cada um (mãe, pai, filhos) tem as suas tarefas na casa e ninguém precisa de contratar um criado para lhes fazer a vontade.

Eu tive esta mesma reação quando estava assistindo a alguns seriados brasileiros onde TODO MUNDO tem empregada - e não só os ricos, mas inclusive as pessoas de classe media que moram em casas pequenas ou até apartamentos. Que ridículo! Precisa de empregada pra quê? Por que você não pode limpar sua casa?

Eu até acho isso irónico porque o Brasil é suposto ser um país de "terceiro mundo", onde as pessoas são mais 'humildes', mas não são; lá pessoas communs tem servos e se acham boas demais para limpar as proprias cuecas. Aqui, o trabalho de casa é para todos, e até as pessoas que tem meios para uma empregada (que são muito caros) preferem limpar a própria casa. Aqui há doctores, advogados, até algumas celebridades, e políticos que limpam o banheiro, lavam roupa, e nunca tiveram uma empregada na vida, enquanto uma pessoa de classe media no Brasil jamais ousaria sequer passar uma vassoura pelo chão.

Ter empregada é coisa de latinoamericanos elitistas. Vão mas é arrumar as suas próprias casas seus esnobes preguiçosos!

9 comments:

bambooska said...

Hi, Tritone.

You asked about my previous blogs. Here's the link to one of four years ago. http://blogdababs.blogspot.com/

It's written in Portuguese. As soon as I find the other one (previous to this one I sent to you), I'll let you know.

Hope you like it.

bambooska said...

Sure! Let me see what you think later. :)

Anonymous said...

Qual é a sua William?
Pra quem diz gostar muito do Brasil e da nossa cultura vc tem criticado muito o Brasil.
Não acho que o fato dos Americanos não terem emprega é porque eles gostem muito de serviço de casa ou por falta de dinheiro o problema com certeza é por que são ums pão duros unhas de fome!

Tritone said...

Oi anonymous!

Não é uma "critica" mesmo, mas apenas uma observação. Lembra, que tudo que eu escrevo aqui, é em tom de humor.

Obrigado por comentar!

TomasQueface said...

Ola Tritone!
Todo aquele que acompanha as novelas brasileiras e outras latino'americanas são unânimes em concordar contigo.

Mas eu acho que este mal não é uma criação brasileira e sim uma herança dos antigos colonos (Portugal e Espanha). Os Portugueses e espanhois têm um conceito diferente de "luxúria" comparado aos ingleses e americanos. Se fores a acompanhar qualquer novela portuguesa que seja, tu mesmo verás o quanto eles são "ignorantes" ao ponto de não exercerem nenhum esforco para ir a cozinha e pegar algo para comer, ao invés disso, solicitam os préstimos dos empregados.



Tomás

Mah said...

Olha, não somos esnobes não! XD
Ao contrário da Austrália, nós não temos horário para voltar para casa.
Trabalhamos 8 horas ou mais para poder viver bem, comprarmos coisas...
Mas não temos muito tempo para limpar, passar, porque trabalhamos muito mesmo.
Então preguisosos não somos!
Só não temos tempo e damos emprego a pessoas que querem e precisam.
Com carteira assinada
E com um salário mensal
Ok, eu admito também que os americanos são mais unidos e mais preocupados com a família, aí também não deve ter empregada pois tem escolas boas.
Não são só 4 horas por dia e mapas com modelos arcaicos de continentes.
Bem, essa é minha opinião =D ahshhsh
Bem, gostei do seu blog ;) É legal para conhecer a cultura dos USA e pensar em alguns aspectos da nossa cultura!
Sou brasileira, ascendente de alemãos e um dia penso ir no Canadá para estudar sei lá,viajar, o que der na telha, é um país lindo pelo que vejo nas fotos! E não me importaria de não ter empregada, gosto de diferenças xD

Sérgio Rocha said...

a sua compreensão dos fenômenos brasileiros é deturpada e, como já pude manifestar, simplista. sugiro que você, que estuda português, leia alguns livros do José Ubaldo Ribeiro e tente melhorar sua argumentação, que, por ora, é bem limitada. artigos, notícias... e, claro, discernimento.

Marcos Vinicius Gomes said...

Ai,ai, ai...você lavou minha alma!!
Somente alguém de fora para abrir a mente terceiromundista!
Abraços!

Anonymous said...

Olá meu camarda. Permita-me comentar o assunto. Existe um livro chado "A Cabeça do Brasileiro" escrito por um sociólogo brasileiro. Recomendo que o leia porque é um exelente livro que trata das relações sociais no Brasil e como o brasileiro lida com conceitos e preconceitos sociais. Tanbém descute como tudo isso foi herdado pela sociedade brasileira das culturas portuguesas e européias.A importancia disso seria você apenas entender e adiquirir um conhecimento melhor da questão para enriquecer o seu ponto de vista que já é sensato. Vivi nos EUA muitos anos e concordo com as suas observações das diferenças. Elas tem explicação e muitas delas estão no livro. Sou crítico ferrenho da sociedade brasileira mas devo observar que o fato da classe média brasileira poder ter uma empregada disponível não é necessariamente por arrogancia, luxo ou vaidade. É uma questão sócio-econômica. O país tem uma mão-de-obra barata e disponível o que ainda se soma às heranças culturais hierárquicas européias.A Inglaterra por sua vez,mesmo próxima ao continente é uma ilha o que a permitiu desenvolver uma cultura com características um pouco diferenciadas das do continente. O caminho para o aprimoramento de qualquer coisa é sempre o questionamento. Continue atrás de suas respostas. Leia e converçe bastante. Um abraço.